CONFEDERAÇÃO NACIONAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E DOS EMPREENDEDORES INDIVIDUAIS

NOTÍCIA

Bolsonaro participa de encontro da Frente Nacional da MPE

O presidente Bolsonaro participou da reunião da Frente Parlamentar da MPE. Foi a primeira vez que um presidente participou de encontro da Frente>

O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou agora há pouco do 1º Encontro de 2021 da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, presidido pelo senador Jorginho Mello (PL/SC). O presidente falou sobre medidas que vem tomando com a equipe de governo, lideradas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, para enfrentar a covid-19 e os problemas econômicos causados pela pandemia. Esta foi a primeira vez que um presidente da República participou de uma reunião da Frente Parlamentar da MPE.

O presidente afirmou que já estão compradas 400 milhões de doses da vacina, que serão totalmente entregues até o fim do ano, em etapas mensais. Até o final de março, o governo deve receber mais 20 milhões de doses. O ministro Paulo Guedes disse que já foi acertado com a Pfizer a compra de mais 100 milhões de vacinas, a serem entregues ainda em 2021.

Bolsonaro também informou que já foram vacinados 10 milhões de brasileiros, mais do que toda a população do alguns países, como Israel. Criticou medidas restritivas às liberdades individuais, como toque de recolher, e fechamento do comércio. Para ele, essas medidas são pouco efetivas no controle da contaminação e causam um efeito colateral devastador sobre a economia.

O ministro Paulo Guedes informou que a arrecadação do Brasil, em janeiro e fevereiro, foi maior do que a desses dois meses no ano passado. Ele espera a retomada da economia, reconheceu o agravamento da doença e reiterou que saúde é fundamental para a economia, reiterando que o governo já comprou vacinas e vai imunizar a população, ainda em 2021.

Também no encontro, Bolsonaro anunciou que vai destinar R$ 40 bilhões para quatro meses de auxílio emergencial.

Economia

O senador Jorginho Mello anunciou a aprovação pelo Senado de projeto que torna o Pronampe um programa permanente de crédito para as micro e pequenas empresas. O secretário Carlos Da Costa, da SEPEC, falou das medidas de desburocratização que vem sendo adotadas pelo governo, a ampliação do crédito e estudos permanentes para novas mudanças, inovações e apoio aos pequenos negócios.

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, aniversariante dia (foi muito cumprimentado pela data), agradeceu o apoio do governo e do Congresso Nacional, especialmente da Frente Parlamentar comandada pelo senador Jorginho Mello, às microempresas brasileiras. Falou que o momento é de trabalho para apoiar quem produz.

O presidente da Conampe, Ercílio Santinoni, parabenizou a oficialização do Pronampe permanente, uma reivindicação da Conampe desde o ano passado, agora tornada realidade. Sugeriu o retorno do PEAC Maquininhas, uma linha de crédito acessível aos pequenos e que pode ajudar milhares e milhares de empresas, agora em 2021.

Ercílio também enalteceu o trabalho do Ministério da Economia, comandada por Carlos Da Costa, na SEPEC, que conta com Antonia Tallarida Martins e técnicos competentes e dedicados, sempre procurando desburocratizar, inovar e apoiar os pequenos negócios. O momento é difícil para as microempresas, MEIs e artesãos, mas é possível acreditar que o governo e o Congresso encontrarão formas de ampliar o apoio aos pequenos, que são mais 90% das empresas brasileiras, participam com 30% do PIB, 55% dos empregos e 80% dos primeiros empregos.

A CONAMPE organiza e promove seminários, congressos e outras atividades de ajuntamento e mobilização empresarial em prol das micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais no Brasil.
FALE CONOSCO
CURITIBA
R. Padre Anchieta, 2050 - Salas 606 e 711
Bigorrilho - CEP 80730-000 - Curitiba - PR
BRASÍLIA
SHCS CR Quadra 502 - Bloco C - Loja 37
Asa Sul Brasília /DF - Tel. (61) 3246-9297
SIGA NAS REDES