CONFEDERAÇÃO NACIONAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E DOS EMPREENDEDORES INDIVIDUAIS

NOTÍCIA

Ercílio Santinoni defende crédito em reunião virtual com direção do BNDES

O presidente da Conampe, Ercílio Santinoni, defendeu a necessidade de linhas de crédito adequadas à realidades das MPES.

Em reunião idealizada e organizada pela senadora Katia Abreu, com representantes do BNDES, o presidente da Conampe, Ercílio Santinoni, representando os pequenos negócios, voltou a defender a necessidade de linhas de crédito adequadas à realidades das micro e pequenas empresas, com menos burocracia e mais flexibilidade para aprovação dos empréstimos.

Ercílio considerou a iniciativa da senadora Kátia Abreu, de agendar a reunião, de extrema importância, no momento certo, que se discute crédito e apoio às micro e pequenas empresas no limiar da retomada da econômica, pós pandemia.

Giovanni Beviláqua, do Sebrae Nacional, apresentou um estudo com números de operações de 2012 a 2020, dados do Banco Central.

Na reunião, com representantes de entidades de microcrédito e outras entidades e organizações, também participaram Silas Santiago, do Sebrae Nacional; Sydney Daniel, Celso Leonardo Barbosa, Henrique e Jaime Daniel, da Caixa; Diego Perez, da ABFintechs; Bruno Laskowsky, Maurilio Guignoni, Luciano Lanz e Priscila Branquinho, do BNDES.

Crédito – Foi apresentada uma linha de crédito que tem as seguintes instituições já habilitadas, que deve receber as solicitações de financiamento: Banrisul – BMG – BMP Money Plus Sociedade de Crédito Direto – Inter – Money Plus Sociedade de Crédito Direto ao Microempreendedor – Safra.
O limite de valor por contratante é o dobro da média mensal das vendas de bens e prestações de serviços do contratante liquidadas por meio de arranjos de pagamento, média essa apurada entre 01.03.2019 e 29.02.2020. Em qualquer hipótese, deve ser observado o valor máximo de R$ 50.000,00.
Juros 6% ao ano – carência 6 meses e 30 meses para pagamento = total 36 meses