CONFEDERAÇÃO NACIONAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E DOS EMPREENDEDORES INDIVIDUAIS

NOTÍCIA

Fórum paranaense abre debate para avaliar o Plano Nacional de Empreendedorismo (PNEM)

Novas ideias, negócios inovadores, experiências externas. Propostas para a evolução do empreendedorismo no Brasil foi o assunto de trabalho da 4a. Reunião Extraordinária do Fórum Permanente das Micro e Pequenas Empresas do Estado do Paraná (FPME/PR), aberta na manhã desta segunda, dia 13.

O diretor geral do fórum paranaense, Ercílio Santinoni, presidente da CONAMPE, abriu os trabalhos e falou sobre a importância de promover um debate entre os líderes de entidades representativas das micro e pequenas empresas, para tratar sobre o Plano Nacional de Empreendedorismo (PNEN), que está sendo elaborado pelo Governo Federal.

Também, as Novas Normas da Contabilidade, proposta pelo Conselho Federal de Contabilidade, são temas abordados pelo Fórum, explica Santinoni. “Estamos diante de várias propostas em andamento no país que mudarão o ambiente que os pequenos negócios estão inseridos. Queremos promover um debate em todo o Paraná para elaborarmos uma pauta com sugestões e apontamentos sobre os temas em questão”, sinaliza.

Para criar uma base sustentável de ideias para avaliação do que tem sido proposto pelo governo, o superintendente do Sebrae/PR, Dr. Allan Marcelo de Campos Costa, foi convidado pelo fórum para proferir uma palestra sobre sua experiência na Missão de Benchmarking no Sudeste Asiático.

De acordo com Allan, a comitiva que participou da missão foi impactada com realidade dos países daquela região. Em termos de infraestrutura, os países têm avanços significativos na estrutura de transportes, com portos marítimos modernos, amplos aeroportos e estradas largas com várias vias. “Apesar da infraestrutura, o governos não estão preocupados com a indústria, propriamente, mas com o capital intelectual”, contou. Zonas francas são abertas em alguns países para o  desenvolvimento de pequenos negócios internacionais voltados à  tecnologia.

As iniciativas de apoio aos pequenos negócios também foram apontadas pelo superintendente do Sebrae/PR. Isso abrange a facilidade da abertura de empresa e crédito aliado à capacitação empresarial. Empreendedorismo inovador ou “startups”, ideias que saem do papel e vão para a prática, têm ambiente favorável para o desenvolvimento e apoio dos governos. “Temos algumas ideias no Brasil um tanto quanto ultrapassadas. As experiências que observamos servem para avaliarmos a própria ação de apoio ao empreendedorismo”, disse.

Para os participantes do Fórum, a palestra serviu de apoio à proposta de análise para a Consulta Pública sobre PNEM. Para o presidente da Associação de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Oeste do Paraná (AMIC-OESTE), Carlos Augusto Martini, observar as experiências internacionais são essenciais para o Plano Nacional de Empreendedorismo. “Precisamos desse intercâmbio, dessa troca de experiências para pensarmos em como apoiar na prática os pequenos negócios no Brasil”, comentou.

Serviço
O encontro também discutiu linhas de crédito para as MPE no intuito de cooperar com o comitê de investimento e financiamento do Fórum Nacional e, ainda, apresentou o objetivo dos Núcleos de Apoio à Gestão da Inovação (NagiPR). Nesta terça, a partir das 9h, acontece a 7a. Reunião Plenária, onde haverá a prestação de contas das ações realizadas no primeiro semestre de trabalho.

A CONAMPE organiza e promove seminários, congressos e outras atividades de ajuntamento e mobilização empresarial em prol das micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais no Brasil.
FALE CONOSCO
CURITIBA
R. Padre Anchieta, 2050 - Salas 606 e 711
Bigorrilho - CEP 80730-000 - Curitiba - PR
BRASÍLIA
SHCS CR Quadra 502 - Bloco C - Loja 37
Asa Sul Brasília /DF - Tel. (61) 3246-9297
SIGA NAS REDES