CONFEDERAÇÃO NACIONAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E DOS EMPREENDEDORES INDIVIDUAIS

NOTÍCIA

Microcrédito ajuda a elevar renda de empreendedores

O acesso ao crédito ajuda os empreendedores individuais a alavancarem seus negócios. Pesquisa realizada pelo Sebrae em 2011 aponta que quase a metade (48%) dos trabalhadores por conta própria tiveram melhora nas vendas após pegar um empréstimo. Outros 48% dizem que os negócios permaneceram como estavam e apenas 4% sentiram uma retração. Com condições diferenciadas, o microcrédito é uma opção para os empreendedores alavancarem seus negócios e uma forma de inserção produtiva de pessoas excluídas do mercado de trabalho formal.

O microcrédito se tornou a saída para a empreendedora Edinete Ribeiro obter capital para investir em seu negócio, uma pequena fábrica de beiju e de pé de moleque em Aracaju. Com o primeiro empréstimo, feito há seis anos, no valor de R$ 1 mil, comprou tabuleiro, bandejas e matéria-prima. O valor foi pago em um ano. Em 2010, pegou mais um financiamento para reformar a cozinha onde faz os doces. Com R$ 2 mil, parcelados em dois anos, trocou o piso e o telhado do imóvel.

Com os investimentos, Edinete conseguiu aumentar sua capacidade produtiva e a produção diária passou de 50 unidades, há seis anos, para mais de 450 atualmente. “No início eu não tinha dinheiro nem para comprar material, então a produção era muito baixa. Com o microcrédito, pude investir no negócio”, conta a empreendedora de 39 anos, que faz entrega para padarias e eventos.

A renda mensal da baiana Rosimeire Silva Nascimento, de 31 anos, também aumentou desde que deixou seu emprego como assalariada, há pouco mais de um ano, e passou a vender cosméticos de forma autônoma. O trabalho aumentou, segundo ela, mas a satisfação de trabalhar por conta própria vale o esforço. Há três meses ela se formalizou como empreendedora individual e pegou um empréstimo por microcrédito no valor de R$ 1,2 mil para investir em mercadorias. O valor foi dividido em seis vezes. “Estou vendendo bem, meus clientes são vizinhos e parentes. Estou gostando de trabalhar por conta própria e estou ganhando mais. Antes ganhava só um salário mínimo, agora consigo tirar até R$ 1 mil”, conta.

Opções

A pesquisa do Sebrae mostra, no entanto, que apenas 12% dos empreendedores individuais buscaram crédito bancário. Com o objetivo de ajudar a incrementar a oferta de linhas de crédito com condições facilitadas para os pequenos empreendedores, o Sebrae possui convênios com instituições financeiras, cooperativas, associações e outras entidades que oferecem linhas para o segmento. A ação do Sebrae se baseia em fornecer informações sobre as micro e pequenas empresas e empreendedores individuais e capacitar agentes de crédito das instituições, além de apoiar a criação de novas instituições de microcrédito e a reestruturação das já existentes.

A CONAMPE organiza e promove seminários, congressos e outras atividades de ajuntamento e mobilização empresarial em prol das micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais no Brasil.
FALE CONOSCO
CURITIBA
R. Padre Anchieta, 2050 - Salas 606 e 711
Bigorrilho - CEP 80730-000 - Curitiba - PR
BRASÍLIA
SHCS CR Quadra 502 - Bloco C - Loja 37
Asa Sul Brasília /DF - Tel. (61) 3246-9297
SIGA NAS REDES