CONFEDERAÇÃO NACIONAL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS E DOS EMPREENDEDORES INDIVIDUAIS

NOTÍCIA

XX Enampe prossegue hoje em Curitiba

XX Enampe prossegue nessa sexta-feira, até o começo da noite.

público
Abertura do XX Enampe

O XX Enampe foi aberto na noite de quinta-feira, dia 26 de maio, com a presença do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, e prossegue nessa sexta-feira, em Curitiba.

O evento está sendo transmitido ao vivo no canal Conampe, no YouTube – assista aqui. Veja a programação clicando aqui.

Leia aqui o pronunciamento de abertura feito pelo presidente da Conampe, Ercílio Santinoni:

Boa noite.
Quero saudar de forma muito especial o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, que nos honra com a sua presença na abertura do Encontro Nacional da Micro e Pequena Empresa 2022, o XX Enampe.
Saúdo a secretária Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniella Marques.
Ao seu lado, o amigo de tantas caminhadas e conquistas, Carlos Melles, presidente do Sebrae Nacional.
Saúdo o diretor Administrativo do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Luiz Carlos Borges da Silveira.
Agradeço a presença e o apoio do Sebrae Paraná, representada nessa noite pelo diretor superintendente, Vitor Roberto Tioqueta.

Minha saudação aos demais presentes já nominados, companheiros dirigentes de entidades, lideranças de todos os regiões do país, de forma especial a quem nos acompanha agora pela internet, na nossa transmissão ao vivo, MEIs e empresários e empresárias dos pequenos negócios. Meu abraço também àqueles que nos assistem e acompanham em busca mais informações o empreendedorismo e o associativismo.
Sejam todos bem-vindos à este evento que a Conampe e a Fampepar realizam ao lado do Sebrae.

Mais de vinte anos. Chegamos hoje ao vigésimo Enampe.
Os motivos para comemorar são inúmero. Estamos renovados, mobilizados e mais otimistas do que nunca na defesa das nossas empresas e entidades.
Estamos vencendo uma pandemia cruel, que assustou o mundo e atingiu países, economias, empresas, comunidades e famílias de forma radical e inédita. Não há na história um registro de algo parecido. Fomos expostos à globalização de maneira direta e objetiva.
Mas como em tudo na vida, para os vencedores, os obstáculos são energia para impulsionar esperanças, sonhos, projetos e empreendimentos.
E aqui estamos nós, mais fortes, mais unidos, donos de experiências em que a criatividade e a inovação fizeram a diferença.

Caro ministro Paulo Alvim, não possível pensar em desenvolvimento sem pensar em inovações.

Prezada secretária Daniella Marques e amigo Melles, a pandemia mostrou como uma lupa essa realidade.

Não é possível ter um resultado diferente quando fazemos sempre a mesma coisa. Diantes das dificuldades e barreiras precisamos inovar, criar, estabelecer o novo e avançar.

Desistir jamais! Como diz o meme, brasileiro não desiste nunca!
Podemos nos orgulhar do país que temos ajudado a construir, nos útimos 40 anos.

O movimento da micro e pequena empresa, organizado a partir do começo dos anos 1980, começou sonhando com um país em que as micro e pequenas empresas recebessem tratamento diferenciado, favorecido e simplificado.

Conquistamos isso na Constituição de 1988, mas todos aqui sabemos como é difícil tirar os diretos dos artigos 170 e 179 do papel e coloca-los a serviço de políticas públicas realistas, objetivas, que alavanquem os pequenos negócios, produzindo postos de trabalho, oportunidades, renda e equilíbrio social.

Aqui precisamos fazer um registro: nunca avançamos tanto como nos últimos três anos!
Ganhamos o Pronampe Permanente, uma conquista de acesso ao crédito com a qual sempre sonhávamos – hoje realidade.
Temos o Relp, o nosso programa de reescalonamento do pagamento de débitos no âmbito do Simples. Oportunidade real para as empresas voltarem à formalidade e continuarem seus negócios.
O Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte se fortaleceu muito sob a coordenação do Ministério da Economia, das suas secretarias e subsecretarias.
Temos uma proposta de novo simples pronta. Precisamos da aprovação e da implantação, em todos os níveis de governo, da Política Nacional de Apoio e Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas. Todas as entidade que compõem o Fórum Permanente estão unidas trabalhando para essa implantação.
Precisamos desse novo simples que traga inovações, mais e melhores condições de produtividade e competitividade para os pequenos negócios.
Precisamos de todo o apoio possível, no governo federal, para a rápida aprovação e implantação dessa nova política nacional de apoio e desenvolvimento das micro e pequenas empresas.

Carlos Melles, é preciso registrar o quanto o Sebrae vem avançando como serviço de apoio às nossas empresas, ao empreendedorismo, atuando cada vez com parcerias importantes que tem alcançado resultados impressionantes.
Sua condução e liderança é marcante e abriu uma nova página no Sebrae e, de forma direta, nas empresas brasileiras.

Secretária Daniella Marques. É uma honra e uma alegria tê-la aqui na abertura do nosso Enampe. Não temos palavras suficientes para registrar e agradecer tudo que o Ministério da Economia e as suas secretarias e subsecretárias têm feito pelos MEIs e as micro e pequenas empresas.
De forma muito especial, a sua Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade (Sepec), com suas equipes, tem realizado um trabalho incansável de apoio às nossas demandas, auxiliando na ampliação de programas e projetos, de políticas públicas essenciais à inovação, à mudança de cultura e à uma nova e mais consistente sobrevivência dos pequenos negócios.
Peço que leve ao ministro Paulo Guedes o nosso aplauso e agradecimento pelo muito que foi e está sendo feito pelos MEIs, micro e pequenas empresas.
Podemos resumir nossa gratão no avenço ao acesso ao crédito, na formulação de novas políticas públicas, uma delas o novo simples – nascido no Fórum Permanente com total apoio da Sepec – e tantas outras iniciativas que nos permitem ter muito mais confiança no futuro.
Sempre trabalharemos para o efetivo fortalecimento dessa Secretaria que liga os pequenos negócios do Brasil ao conjunto do governo federal.

Prezado ministro Paulo Alvim: que alegria imensa, que honra tê-lo aqui no nosso encontro nacional, no nosso XX Enampe.
Sua presença vem como um alento a mais para um movimento nacional que foca no desenvolvimento dos pequenos negócios, em todas as regiões desse país.
Sua trajetória profissional o liga diretamente ao nosso segmento. E não poderia ter sido mais feliz a escolha do presidente Jair Bolsonaro ao colocá-lo a frente de um ministério tão fundamental para o novo Brasil e para o desenvolvimento que todos que almejamos.
Temos o governo brasileiro mais inovador da nossa história. As ferramentas de governo eletrônico estão ajudando a melhorar a vida de milhões e milhões de brasileiros. O novo portal do empreendedor, por exemplo, desenvolvido pela equipe da Sepec, é uma ferramenta extraordinária de atendimentos aos MEIs, micro e pequenas empresas.
O apoio que o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações vem danda às nossas startups, à pesquisa aplicada aos negócios brasileiros, em todas as áreas, da agricultura à indústria, do campo à cidades, é algo que nunca foi tão presente e forte no Brasil.
Temos certeza de que este é o caminho que precisamos continuar trilhando.
Sua presença aqui, prezado ministro Paulo Alvim, é uma declaração explícita do valor que o governo comandado pelo presidente Jair Bolsonaro tem dado aos pequenos negócios, uma prova da consciência que o governo tem de que cada real investindo nas micro e pequenas empresas retorna em postos de trabalho, produção e equilíbrio social.

Ministro, acompanhei sua agenda em Curitiba. Iniciada muito antes das 8 horas. Trabalho sério é energia para inovação.
Inovação é o que nossas empresas precisam para encontrar os caminhos do seu crescimento. Assim, poderemos contribui para o Brasil melhor que todos nós queremos.

Leve ao presidente Jair Bolsonaro o abraço da Conampe e das entidades que formam o nosso sistema, Brasil afora.
Aplaudimos, agradecemos e confiamos em novos e melhores tempos para o Brasil.

Declaro aberto o XX Enampe!